sexta-feira, 6 de maio de 2011

FELIZ DIA DAS MÃES!




"O Dia das Mães também designado de Dia da Mãe teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte-americana, Anna Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a idéia de perpetuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e conseqüentemente o Dia das Mães se alastrou por todos os Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de Maio.
Dados Históricos: A mais antiga comemoração dos dias das mães é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos deuses.
O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.
Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Júlia Ward Howe, autora de O Hino de Batalha da República.
No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispodo Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.
Em Portugal, o Dia da Mãe é celebrado no primeiro domingo de Maio.
Em Israel o Dia da Mãe deixou de ser celebrado, passando a existir o Dia da Família em Fevereiro."


Pra entendermos um pouquinho da origem da comemoração, temos como motivadores da data os fatos acima citados. Mas profundamente, creio não ser tão necessário nesse dia, diferente dos demais amplamente comemorados, uma explicação lógica e plausível para aceitarmos e conferirmos à data a devida importância, além do amor que temos por elas! Mãe é mãe, Ponto. E dedicar a ela, um dia especial, onde todas as atenções e interesses são voltados a sua satisfação não é mais do que justo, pois aquela celebrada foi quem nos deu vida, quem nos deu parte do que somos, muitas vezes ceifando dela própria a tranqüilidade em momentos em que nós filhos precisávamos, enquanto doentes, tristes, ou indo mal na escola. Mãe é aquela para onde corremos primeiro quando algo muito bom ou muito ruim acontece, à quem atestamos, mesmo quem não acredita em amor romântico, o título de portadora do amor absoluto.  

Mãe é mãe todos os dias, em milênios. E a importância da maternidade é fato historicamente irrefutável, a mais de 25 mil anos, dês de as míticas sociedades matriarcais, onde acreditavam na soberania feminina, pois era da mulher o dom divino de gerar mais indivíduos para o clã ou tribo. Milênios depois, a mulher assumiu papéis extremamente diversos, ela deixou de ser “somente mãe”, passando a ser a “Super mãe”, associando a além do foto da maternidade, outras responsabilidades, dentre essas o importante papel em parte (ou total) da renda familiar, a educação dos filhos, o auxílio e companheirismo ao marido, e ainda sim, manteve suas responsabilidades consigo mesma e com o lar.

Arrisco uma alteração no ditado que diz: “Por trás de um grande homem há uma grande mulher!”, Acredito realmente que “Por trás, ao lado, acima, e a frente de um grande indivíduo há uma grande mãe!”, e também no ditado que diz: “Que as crianças são o futuro!”, acredito sim, que isso é um fato, cronologicamente inevitável, mas vamos além “As mães, e o modo que educam seus filhos é o que vai contribuir com a construção do futuro!”. Freud já tinha uma estigmatizada visão de que boa parte das patologias derivava do relacionamento com as Mães... Pode até não ser um fato comprovado, mas o importante é que elas estão em tudo, e são responsáveis por podermos vivenciar todas as coisas na vida que elas mesmas nos proporcionaram. Elas são como Deusas, só que vivas e alcançáveis, e ao nos tronamos mães assumimos todas as responsabilidades inerentes ao título, e ainda sim concordamos: “Não há nada que se compare com a maternidade!”     

Uma Mãe de 25 Mil Anos
"Vênus" de Willendorf. 
A cabeça dela era indefinível, uma bola escamada, sem narinas, sem olhos, boca ou orelhas, mas os seus seios e o seu abdômen eram imensos, inflados, colossais. Tratava-se de um pequena estátua (11.1 cm de altura) encontrada nas proximidades de Willendorf na Áustria, em 1908. Visivelmente era de uma mulher prestes a dar a luz, uma estatueta de uma futura mãe. Chamaram-na ironicamente de Vênus de Willendorf. Posteriormente, o pequeno objeto, submetido às perícias do carbono 14, um quase exato método científico que apura a idade dos achados, revelou que aquela senhora esculpida com as primitivas ferramentas de um Cellini do Paleolítico Superior datava de 24 ou 25.000 anos atrás! Não havia nela nem um só traço de beleza. Nenhuma exaltação à feminilidade ou à graça da mulher. Aquele que a modelou, talvez um xamã, um sacerdote-artista, viu-a apenas na sua função mais natural, a mais primitiva da mulher: gerar filhos. Terem-na cinzelado naquele estado pré-natal, sem nenhuma preocupação estética, segundo os antropólogos, revelava que a exclusiva preocupação daquela remotíssima sociedade, era com a reprodução da espécie. A estátua era um pleito às forças mágicas ou divinas. Desenharam-na redonda, em formas abundantes, porque esperavam que as mulheres dessem filhos e mais filhos à tribo. A mulher era a usina da vida, de cujo ventre saltavam os guerreiros e os caçadores do clã."

9 comentários:

  1. Bom dia, tudo bem?
    Este fim de semana fiquei sem internet, não sei se já é mãe mais vim desejar feliz dia das mães que afinal é todo dia, ótima semana, bjos

    ResponderExcluir
  2. Agora que o blog está funcionando de novo, vim desejar um ótimo fim de semana, bjos

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, tudo bem?
    Depois dos problemas do blog e da forte gripe que peguei, enfim estou de volta e vim avisar que tem selinho pra vc, ótimo fim de semana, bjos

    ResponderExcluir
  4. ola
    adorei seu blog
    me visite tambem
    http://bordadosre.blogspot.com/

    bjo
    renata

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo bem? Passei para dar uma espiadinha, ótimo dia, bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá, como vai? Tudo bem?
    Que sua semana seja abençoada e proveitosa. bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Estou passando nos blogs das amigas para avisar que tem uma brincadeira lá no meu blog muito legal espero que goste também, bjos

    ResponderExcluir
  8. oi
    andando pela net achei seu blog
    ele é show
    ja estou sendo sua seguidora
    de uma passadinha no meu blog:http://meuspontinhosdecruz.blogspot.com/
    seja minha seguidora e siga-me por email
    xau

    ResponderExcluir
  9. Olá amiga.
    Passei hoje para te dar uma dica.
    Quer ganhar dinheiro com as imagens que você coloca no blog? Se quiser, siga o link abaixo e se cadastre!!!

    http://www.shareapic.net/user/dricafsoares

    ResponderExcluir